Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Este texto foi publicado no dia 25 de Agosto de 2019, no Diário de Notícias.

No passado dia 14 deste mês, a Secretaria Regional do Turismo e Cultura através da Direcção Regional de Turismo (DRT) lançou o guia "Rota da Cana-Sacarina e do Rum da Madeira", no Museu da Quinta das Cruzes, no Funchal. Esta publicação contou com a colaboração de dezena e meia de entidades públicas e privadas tais como engenhos de cana-de-açúcar, museus e lojas de degustação e venda de produtos como a aguardente de cana, o mel-de-cana ou até mesmo cosméticos que contêm mel-de-cana biológico desenvolvidos pela marca Terramiga. A brochura de 32 páginas pode ser descarregada na página de internet do Turismo da Madeira ou obtida gratuitamente num dos Postos de Informação Turística da DRT, estando disponível em cinco línguas (português, inglês, espanhol, francês e alemão). Ao percorrermos as suas folhas, encontramos informações desta cultura agrícola madeirense multissecular sobre a sua história, algumas curiosidades, como por exemplo, que a economia do açúcar originou grande prosperidade às famílias produtoras que lhes permitiram construir casas em pedra cobertas com telha de barro, surgindo assim as tão conhecidas "Quintas" da Madeira, a sua produção, os seus derivados, os tipos de rum, os engenhos em funcionamento e visitáveis com entrada livre, os Museus "A Cidade do Açúcar", de Arte Sacra do Funchal, da Quinta das Cruzes e o Etnográfico da Madeira, bem como um par de estabelecimentos comerciais que dispõem de uma vasta oferta de aguardentes de cana da Madeira.

Este roteiro distingue também os eventos que promovem e valorizam anualmente a cana-de-açúcar como a "Feira Regional da Cana-de-Açúcar e seus Derivados" que se realiza em Março ou Abril, na freguesia dos Canhas, concelho da Ponta do Sol, o "Festival Apanha da Cana" que acontece em Abril, na freguesia do Porto da Cruz, concelho de Machico, o "Festival do Rum da Madeira" que tem lugar nos meses de Abril ou Maio, no Funchal, aquando da laboração dos engenhos e anuncia a primeira edição do Festival do Açúcar que será organizado pela DRT e terá lugar em Julho de 2020, no Funchal. No final da publicação, consta um pertinente mapa da Madeira onde se indicam os pontos de interesse anteriormente descritos, o número de explorações produtoras de cana-sacarina e respectivas áreas de produção em hectares. Porém, seria oportuno que se corrigissem algumas gralhas no mapa, mormente o número de explorações e as áreas de produção dos concelhos da Calheta e da Ponta do Sol que se apresentam iguais, o que é pouco provável e bem assim onde se assinala erradamente o Engenho de Abel Fernandes, localizado em Gaula, concelho de Santa Cruz, quando na realidade aquela unidade transformadora situa-se na freguesia do Porto da Cruz, concelho de Machico. Por ser uma cultura agrícola tão familiar quase que nos esquecemos da sua importância socioeconómica no decurso dos seis séculos da presença dos portugueses no Arquipélago da Madeira, pelo que tudo o que se fizer para recordá-la é sempre positivo e digno de registo.

Desse modo, deixo aqui uma nota de apreço para quem idealizou este guia "Rota da Cana-Sacarina e do Rum da Madeira", pois dá mais visibilidade à cana-de-açúcar e aos produtos que dela derivam, quer ao residente, quer sobretudo ao visitante. Como proposta de melhoria, sugiro que numa próxima revisão introduzam um índice e uma ficha técnica com menção ao ano de edição, numerem as páginas e no futuro procedam a actualizações periódicas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Agosto 2019

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!