Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Resguardo de paladares do mar

por Agricultando, em 31.05.15

Este texto foi publicado no dia 31 de Maio de 2015, na revista "Mais" do Diário de Notícias.

Numa altura em que muito se fala e escreve sobre a importância da reabilitação urbana, julgo que é igualmente oportuno pensar numa reabilitação agrícola madeirense que está ao alcance de todos. A Região, apesar de ser um pequeno território, com relevo montanhoso e com terrenos dispersos e de reduzida dimensão, é muito rica na sua biodiversidade agrícola, pois dispomos no decorrer do ano de culturas de clima temperado, subtropical e tropical, com características únicas e adaptadas à sua diversidade climática. Como já disse noutros artigos, a tão afamada paisagem agrícola madeirense existe porque os produtos são escoados localmente e alguns até externamente. Por outras palavras, ao adquirirmos hortofrutícolas regionais estamos a contribuir para a manutenção da paisagem que nos distingue e para o fortalecimento da economia, quer para os agricultores e outros intervenientes do comércio agrícola, quer para outros sectores como o da hotelaria e restauração. Se da parte do consumidor que somos todos nós, houver consciência que comprando o que é nosso, estamos a fazer bem a nós mesmos, da parte dos empresários, essa consciência deverá ser uma obrigação, pois estarão a retribuir ao agricultor aquilo que este tanto dá no seu dia-a-dia. Ao fim e ao cabo a reabilitação agrícola madeirense que aqui trouxe, é que precisamente eu e o caro leitor ao irmos às compras ao mercado ou ao supermercado, e até mesmo o director de comidas e bebidas do hotel e o empresário da restauração ao realizarem as suas encomendas, devemos procurar o que é de cá, dando sempre preferência aos nossos produtos agrícolas e agro-alimentares!

O Restaurante Doca do Cavacas (telefone: 291762057, com página no facebook) situado na Rua da Ponta da Cruz, freguesia de São Martinho, concelho do Funchal, abriu portas a 13 de Maio de 1976. A caminho das quatro décadas de existência, os proprietários Ana Teresa e Carlos Dias dão continuidade ao projecto iniciado pelo seu pai "Cavacas" que através de uma furna escavada na rocha onde hoje em dia está a cozinha e o bar, deu início a esta casa que ostenta a sua alcunha. Ali o marisco e o peixe são os ingredientes principais, sempre frescos e servidos em generosas doses. A começar pelas lapas grelhadas ou pelas ovas de espada, passando pelos filetes de peixe espada preto, pelo bodião grelhado ou por um arroz de marisco para dois. Para refrescar a boca dos paladares do mar, nada como um pudim de maracujá ou de caramelo, caseiros. Além dos peixes locais, os produtos agrícolas como a alface, o tomate, o pepino, a cebola, utilizados nas saladas, a salsa, a semilha [regionalismo para batata], a pepinela, a banana, entre outros, são de origem regional e alguns são mesmo cultivados pelo pai dos donos do Restaurante. Torna-se mais forte assim a ideia que o êxito dos pratos confeccionados no Doca do Cavacas passa pelos produtos da terra e do mar de elevada qualidade, pelo saber-fazer do cozinheiro e igualmente pela magnífica paisagem envolvente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:41



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!