Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Está-se perfeitamente bem!"

por Agricultando, em 28.04.13

Este texto foi publicado no dia 28 de Abril de 2013, na revista "Mais" do Diário de Notícias. 

O título deste "Agricultando" resulta de uma frase que Carlos Paredes, Mestre da Guitarra Portuguesa disse numa entrevista. E esta frase resume bem o que nós sentimos, quando desfrutamos de uma refeição especial em casa, num restaurante ou hotel. A nossa gastronomia de outrora, passada de geração em geração, e a de agora, recriada pelos Chefes de Cozinha, tem na conjugação desse saber-fazer e dos produtos locais da terra e do mar, a fórmula do sucesso, dando uma sensação de bem-estar, a quem a prova pela primeira vez ou repete essa experiência. A frescura e qualidade únicas dos hortofrutícolas regionais que no decorrer das estações do ano, são diversos e ricos nos seus aromas e sabores, são certamente a maior vantagem, quer para quem produz e comercializa os produtos agrícolas da nossa terra, quer para o sector da hotelaria e restauração, que oferecerá ao seu hóspede ou cliente, algo de incomparável, de irrepetível até, noutras paragens do nosso país ou de outras partes do mundo. O exemplo que descrevo de seguida, dá igualmente primazia ao que é nosso, respeitando a culinária nacional, mas conferindo um toque contemporâneo, tornando a criá-la. O Clube de Música e Restaurante Scat (telefone: 291775927, com página no facebook), situado junto ao Passeio Marítimo do Lido, no Funchal, está a realizar uma iniciativa mensal chamada "Sounds of Food" ("Sons da Comida") iniciada em Março, onde procura-se apresentar num jantar de degustação os aromas e sabores de um país. No dia 19 de Abril, Portugal foi o escolhido e o Chefe de Cozinha Octávio Freitas e seus colaboradores, proporcionaram uma "Volta a Portugal Revisado", percorrendo oito regiões. Além da harmonia entre a comida e os vinhos ali servidos, a música foi outro dos elementos que contribuiu para esse "entendimento", neste caso, a de Mestre Carlos Paredes tocada durante e após o jantar, em forma de tributo. O roteiro gastronómico começou pelo Algarve através de uma cavala alimada temperada com coentros, cebolinho, azeite e sal, seguida de uma passagem pela Madeira, com um delicioso "caviar" (ovas) de espada e atum. De regresso ao continente, "visitou-se" o Minho por meio de um caldo verde virtual, por não ter água e ter sido comido de garfo e faca! Chegados a meio do jantar, a meia desfeita, prato típico de Lisboa, foi servido com bacalhau e pedacinhos de pimentão vermelho, ovos e grão de bico líquido, leu bem, grão de bico transformado em batido, ao qual foi adicionado água da cozedura do bacalhau. Uma delícia! E de Lisboa, voltou-se para o Norte, ao Porto, provando uma francesinha com ovinho estrelado de codorniz, alheira e salada dos nossos "espigos". Depois foi tempo de ter no mesmo prato, duas especialidades, uma dos Açores, morcela com ananás e a outra do Alentejo, favas com chouriço. Aqui o esmero do Chefe de Cozinha Octávio Freitas fez notar-se novamente, com as favas em puré e o chouriço com alho francês a serem cozidos em separado durante três horas. A representar o Ribatejo, mas confeccionado em todo o país, surgiu uma amostra de um “cozido à portuguesa virado do avesso”, como disse Octávio Freitas. Virado do avesso, porque a couve normalmente cortada em quartos, vinha no estado líquido (em puré), sendo que a carne de porco, foi a madeirense carne da noite, preparada com "vinho seco" e segurelha. A fechar, uma sobremesa de origem conventual, os papos de anjo. Este doce feito a partir da gema de ovo foi regado com calda temperada com cascas de citrinos, canela e Vinho Madeira. De salientar que os vinhos expostos por Américo Pereira e servidos neste jantar foram o verde branco "Quinta de Gomariz", o branco da Região do Tejo "Quinta do Alqueve", os tintos alentejano "Albernoas" e duriense "Diálogo" e, o Vinho Madeira Barbeito meio doce de três anos. Enfim, caro leitor, um festival gastronómico que mostra aquilo que Portugal e as suas regiões além da paisagem e da hospitalidade, têm de mais rico, a sua gastronomia e os produtos locais da terra e do mar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:41


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Abril 2013

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!