Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saber a mar

por Agricultando, em 29.07.12

Este texto foi publicado no dia 29 de Julho de 2012, na revista "Mais" do Diário de Notícias. Como já foi aqui referido, na costa norte da Madeira prevalece a Laurissilva, a floresta indígena património mundial natural, com enfoque para o concelho do Porto Moniz. Contudo, ali é comum encontrar a floresta e a agricultura em equilíbrio, pois o homem ao longo de gerações, soube tirar partido de ambas, com vista à sua subsistência. Segundo o Recenseamento Agrícola de 2009, é o município que na Região tem menos área cultivada, mas é aquele que curiosamente apresenta a maior superfície média por exploração da Ilha da Madeira, na ordem dos 5.900 m2. A semilha, a cenoura e a vinha destacam-se das demais culturas, plantando-se um pouco de tudo da beira mar à serra. Nos últimos tempos, a vila do Porto Moniz, beneficiando de uma paisagem singular, diversificou a sua actividade económica, através do surgimento de hotéis e restaurantes. O Restaurante Cachalote (telefone: 291853180, com página no facebook), localizado junto ao Ilhéu Mole, abriu em 1970, sendo o mais antigo do Porto Moniz. O seu nome faz jus à zona onde está implantado, pois na proximidade teve lugar no passado, uma fábrica de transformação daquele enorme cetáceo. Os proprietários, Cesarina Marques Rosa e Silvano Jesus Teixeira são coadjuvados pelo gerente, Avelino Teixeira que em Abril de 2011, aceitou o desafio lançado pela autarquia à restauração local, de confeccionar-se um mega-arroz de lapas. Desde essa data até ao dia 2 de Julho desse ano, em plena Semana do Mar, confirmou-se essa aspiração e foi considerada pela organização dos Recordes Guinness, como o maior arroz de lapas do mundo, com quase 700 quilos que aconchegaram naquele dia, os estômagos de 3.000 comensais. Assim nesta casa, como entrada, nada melhor que uma dose de lapas grelhadas ou de polvo. Para prato principal, pode saborear um guloso arroz de lapas só ou na companhia de peixe fresco do dia, garoupa, bodião ou cherne. Se prefere a carne, tem a costeleta de vaca ou o bife com pimenta, como especialidades. Chegado ao momento da sobremesa, há que provar o pudim da casa ou a fruta da época. Os hortofrutícolas usados na cozinha do Cachalote são do Porto Moniz, pois existe um orgulho de mostrar o melhor que a terra dá. Fazem mesmo questão de pagar mais pela qualidade e frescura desses produtos. O peixe, as lapas e a carne são igualmente de origem regional, sendo frequente a captura local do pescado e do marisco. A comprovar esse amor pela terra e a querer perdurar a memória colectiva, o Restaurante Cachalote está a preparar a criação de um pequeno museu relacionado com a agricultura e a pesca daquela localidade, sendo uma homenagem póstuma ao empresário do norte e seu proprietário, Marcos Marques Rosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Julho 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!