Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Agricultura é cultura!

por Agricultando, em 25.10.15

Este texto foi publicado no dia 25 de Outubro de 2015, na revista "Mais" do Diário de Notícias.

Recentemente e pelo menos num par de vezes acerca do que deverá ser o Turismo da Madeira nos próximos tempos, o Secretário Regional da Economia, Turismo e Cultura, Dr. Eduardo Jesus, defendeu que ao binómio serra/mar é crucial associar a cultura, tornando-o num trinómio que deve ser vivenciado por quem nos visita. A cultura, de acordo com um bom dicionário, como por exemplo o Dicionário da Língua Portuguesa e Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa e da Editorial Verbo, é definida como a “acção ou modo de trabalhar, de amanhar a terra para tornar mais fértil, e assim, obter melhores produções agrícolas; acto ou efeito de cultivar”, “conjunto de costumes, práticas, comportamentos..., que são adquiridos e transmitidos socialmente, de geração em geração” e “património literário, artístico e científico de um grupo social, de um povo”. O mesmo dicionário indica que a agricultura é a “arte e ciência do cultivo da terra”, “cultura da terra, conjunto de acções de transformação do meio natural para a produção de alimentos, fibras e animais úteis, e necessários ao homem”. Como se pode ver, cultura e agricultura combinam-se nos conceitos, pelo que pode dizer-se que agricultura é cultura. É fundamental não esquecer que o turista que se deleita com a paisagem agrícola humanizada distinta, quer na costa sul, quer na vertente norte, aprecia e surpreende-se com as nossas iguarias e os produtos da terra e do mar regionais, que delas devem fazer parte. A gastronomia madeirense, apesar de ser relativamente pequena, quando comparada com outras regiões do país, é muito rica e nela assenta os quase seis séculos do saber-fazer agrícola e culinário das nossas gentes que desde cedo, com “engenho e arte”, souberam aproveitar aquilo que a natureza e o clima generoso lhes deram. Desse modo, segundo as linhas que acabei de escrever e tendo presente os elementos serra/mar/cultura, é pois na cultura que devem constar a agricultura e a gastronomia regionais como das componentes mais genuínas e únicas do nosso existir ilhéu.

O Restaurante Vinháticos da Pousada dos Vinháticos (telefone: 291952344, com página no facebook) localizado na Estrada Regional 228 (que dá acesso à Encumeada), freguesia da Serra de Água, concelho da Ribeira Brava, existe desde 1950. Actualmente, propriedade do grupo hoteleiro Dorisol, o nome desta casa remete para o vinhático, uma árvore endémica da Macaronésia e característica da Laurissilva da Madeira, a nossa floresta indígena Património Mundial Natural da UNESCO. Nesta época do ano, onde a castanha predomina, nada como começar com um creme de castanhas com cebola frita, que é um lastro para o que se segue. Nos pratos principais, a carne de porco assada com castanhas dos Vinháticos acompanhada de batata frita e legumes ou a perna de borrego assada, assim como os rolinhos de peixe-espada preto com camarão e toucinho ou o bacalhau com puré de castanhas, são preparados com o saber e o carinho das três cozinheiras. Nas sobremesas, o gelado de amêndoa caseiro com chocolate, o creme de chocolate madeirense ou o doce do convento com amêndoa e chila, são a melhor maneira de finalizar a refeição, contemplando a belíssima paisagem serrana. Para que este Restaurante assegure os aromas e os sabores autênticos, dá-se preferência aos produtos agrícolas locais e às ervas aromáticas como a salsa, orégãos, segurelha, hortelã, alecrim, sendo estas últimas obtidas de uma horta da Pousada, além das omnipresentes castanhas daquele lugar.

Autenticidade e simplicidade à sua mesa são duas das qualidades patentes no Restaurante Vinháticos que merece ser (re)visitado por si, caro leitor, pois quase que aposto que até o conhece, mas que por um motivo ou outro, deixou de o fazer. Está na hora de voltar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:51


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!