Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um Porto Santo agrícola à mão de visitar

por Agricultando, em 28.06.15

Este texto foi publicado no dia 28 de Junho de 2015, na revista "Mais" do Diário de Notícias.

Para quem vive na Madeira, é no Verão que nos lembramos mais do Porto Santo. O seu extenso areal e as águas do mar convidativas são desejados por miúdos e graúdos. Todavia, a Ilha Dourada não é só sol e praia. A funcionar desde Abril de 2012, o Núcleo Museológico existente no Campo Experimental do Farrobo (também conhecido como Posto Agrário do Farrobo) e pertencente à Direcção Regional para a Administração Pública do Porto Santo, é um lugar a visitar para melhor conhecermos os hortofrutícolas mais representativos e algumas das alfaias e utensílios agrícolas outrora ali utilizados. Depois da entrada e junto ao estacionamento, encontramos uma eira e um terreno dividido em pequenas parcelas com cultivos que caracterizam a agricultura porto-santense. O trigo, a cevada, a lentilha, o chícharo, as pimentas, os pimentos, o tomate, a amoreira, a figueira, o pero do Porto Santo, a pera de São João e as castas "Listrão" e "Caracol" delimitadas com os típicos muros de pedra sobreposta, estão lá, demonstrando a biodiversidade agrícola daquela Ilha. Num espaço contíguo podemos observar arados, charruas, cangas (usadas para unir uma junta de bois), uma debulhadora, uma enfardadeira, bem como um conjunto de fotografias antigas, que retratam as práticas culturais relacionadas com os cereais e a vinha.

O Restaurante Quinta do Serrado (telefone: 291980270, com página no facebook) localizado no sítio do Pedregal (Estrada Regional 120), freguesia e concelho do Porto Santo, reabriu em Agosto de 2008 sob a gestão do actual proprietário, Manuel Santos. Este alfacinha de nascença que rumou para o Algarve e onde trabalhou durante 35 anos na área da hotelaria e restauração, resolveu ir mais para sul. Escolheu o Porto Santo e particularmente o Hotel Quinta do Serrado para ali empregar todo o seu saber-fazer. Rodeada por arvoredo, é uma casa muito apetecível nestes dias de Estio, onde podemos apreciar os sabores da cozinha portuguesa e local. Assim, para começar, recomenda-se o sortido de entradas que é seleccionado pela cozinheira. Nos pratos principais, os nacos do lombo com arroz de feijão, as plumas de porco preto, o cabrito à padeiro, o arroz de tamboril e gambas ou o polvo à Quinta do Serrado, são manjares que vai querer experimentar. No fim, um "cheesecake" com frutos silvestres que é o doce da casa ou um creme de maracujá com "ganache" (creme aveludado e brilhante) de chocolate, para prolongar o repasto.

Este Restaurante dá prioridade aos produtos agrícolas locais como a cebola, o tomate, a cenoura, a semilha [regionalismo para batata], a batata doce, entre outros, sendo que as ervas aromáticas são de cultivo próprio. O peixe fresco e o cabrito são do Porto Santo, reforçando assim o conceito que os produtos do mar e da terra próximos fazem a diferença à mesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:13


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!