Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma casa na cidade com aromas e sabores do campo

por Agricultando, em 29.03.15

Este texto foi publicado no dia 29 de Março de 2015, na revista "Mais" do Diário de Notícias.

Às vezes, ao contemplarmos a nossa paisagem, é com algum desconforto e mágoa que se avistam baldios. Os motivos para que tal aconteça, podem ser devido a acessos difíceis ou inexistentes, a divisões de bens de heranças, à idade avançada dos proprietários, a áreas diminutas, à escassez de água de rega, entre outros. Porém, as terras deixadas ao abandono poderão também ser o resultado da nossa irresponsabilidade, como consumidores. Quando compramos os hortofrutícolas que precisamos para o nosso dia-a-dia, ao optarmos pelos produtos importados, estamos a aumentar as superfícies de cultivo e a criar riqueza fora da Região, muitas das vezes, a centenas ou milhares de quilómetros de distância. Por outro lado, no momento em que adquirimos produtos agrícolas regionais, contribuímos para que os terrenos continuem agricultados, proporcionando uma paisagem agrícola de rara beleza, tão apreciada pelos turistas e por nós, residentes. É sobretudo a economia rural madeirense que cresce, pois é dinheiro que fica cá e que se repercute em todos os sectores de actividade económica da nossa terra. O mesmo raciocínio é válido para os hotéis e restaurantes que dão preferência aos produtos da terra. Além de mostrar ao hóspede e cliente, o melhor que a Madeira e o Porto Santo têm, estão a ajudar quem igualmente tanto lhes dá, o Agricultor!

O Restaurante Chalet Vicente (telefone: 291765818, com página no facebook) situado na Estrada Monumental, número 238, freguesia de São Martinho, concelho do Funchal, abriu a 3 de Maio de 2011. Os seus proprietários, Brito Figueira, Alexandre Costa e Nélio Ferreira, têm vasta experiência no sector da restauração, sendo que os primeiros dois sócios gerentes detêm o Restaurante Abrigo do Pastor. O nome Chalet Vicente evoca a família Vicente (também conhecida como "Vicentes fotógrafos"), que tinha esta casa para passar férias, com uma envolvência então mais rural que urbana. Agora, a cozinha tradicional portuguesa é servida em ambiente familiar, podendo-se ali saborear diversas iguarias. Nas entradas, o bolo do caco com manteiga de alho que chega à mesa numa peneira, as iscas de fígado de novilho com vinho Madeira ou umas pataniscas de bacalhau. Nas sopas e porque o tempo ainda está propício para aquecer o estômago e o corpo, um caldo da romaria ou uma sopa de peixe que vem dentro de um pão. Nos peixes, o bacalhau com broa numa telha ou um peixe grelhado, e nas carnes, a muito generosa costeleta de novilho, o coelho de caça estufado na panela e a caldeirada de cabrito. Nas sobremesas, a fantasia madeirense, que consiste de uma fatia de bolo de família (ou preto) com salada de fruta e creme de baunilha, gratinados ao forno, ou o requeijão do Santo (da Serra) com doce de abóbora e nozes, deixá-lo-ão agradavelmente rendido.

Como garante da autenticidade dos pratos confeccionados nesta casa, os produtos agrícolas como a semilha [regionalismo para batata], a batata doce, as verduras, entre outros, assim como as ervas aromáticas, são locais, conferindo a frescura e os sabores genuínos, bem ao nosso gosto!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:37

Foi há quatro anos...

por Agricultando, em 21.03.15

Em 21 de Março de 2011, pelas 19h00, foi lançado o livro "Agricultando - 71 textos sobre Agricultura madeirense (9 de Setembro de 2007 a 30 de Maio de 2010)" no Mercado dos Lavradores, aqui no Funchal. Trata-se de uma compilação de textos que foram publicados na revista Mais do Diário de Notícias da Madeira ao longo de quase três anos.

Passados quatro anos, venderam-se já mais de 800 exemplares da primeira edição de 1.100 livros, faltando pouco menos de 300 exemplares para o esgotamento desta edição.

Por estes quatro anos, só tenho uma palavra para dizer-vos: Obrigado!

DSC_4855.JPG

Foto de Miguel Lira

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!