Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Colmo que protege o que é nosso!

por Agricultando, em 24.06.12

Este texto foi publicado no dia 24 de Junho de 2012, na revista "Mais" do Diário de Notícias. Nesta época do ano, quando o Verão se inicia, ocorre o aparecimento de diversas produções agrícolas. É o caso do milho, do feijão maduro, da semilha, da abóbora tenra, da cereja, da ameixa, da pêra doce "do cedo", do trigo que começa a ficar dourado, entre outras. O concelho de Santana, o principal concelho agrícola da Região, ainda apresenta terrenos cultivados com trigo. Além de utilizar-se os grãos para farinha, a palha foi desde sempre usada para a cobertura das casas. As casas de colmo ou de Santana, como são conhecidas entre nós, são um exemplo vivo que o nosso antepassado, limitado nos materiais de construção disponíveis, aproveitou a palha de trigo para que as habitações ficassem impermeabilizadas no Inverno e frescas no período estival. Aqui está expresso um proveito total de um cultivo agrícola, não só para fins alimentares, mas também para a edificação das casas tradicionais e "palheiros" (regionalismo para estábulos). O Restaurante O Colmo (telefone: 291570290, com página na internet), situado a "dois passos" do Município de Santana, surgiu em Junho de 1981. Os proprietários, Lídia e Pedro Martins regressaram do Luxemburgo e resolveram investir no sector da restauração. A comprovar o gosto por esta área, a D. Lídia antes de emigrar, teve formação na Escola de Hotelaria da Madeira e trabalhou depois no Hotel Savoy. A entrada mais característica desta casa é a sopa de trigo. Nos pratos principais, o bacalhau à Colmo, desfiado e com puré de batata assado no forno, o cozido à madeirense com carne de porco e o cabrito assado, são as especialidades mais pedidas. A terminar a refeição, um pudim de maracujá caseiro, refrescante e relaxante. O casal Martins possui terrenos agrícolas, onde cultivam semilha, batata doce, inhame, trigo e as ervas aromáticas (salsa, segurelha, orégãos) que fazem parte dos pratos confeccionados no restaurante. Quando não dispõem de produção própria, recorrem ao projecto "Madeira Agrícola" da empresa municipal Terra Cidade, onde compram os hortofrutícolas que necessitam, sendo mesmo um dos seus principais clientes. A "Madeira Agrícola" agrega as produções de agricultores de pequena dimensão de Santana e dos concelhos vizinhos, pelo que a aquisição destes produtos tem um efeito positivo na economia de muitas famílias. A carne de porco que é cozinhada para a sopa de trigo e o cozido à madeirense, é igualmente de origem regional, pois o sabor e qualidade são incomparáveis. Enfim, O Colmo ajuda a promover o que é genuíno, o que é nosso! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:23


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!