Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um manjar rico

por Agricultando, em 29.01.12

Este texto foi publicado no dia 29 de Janeiro de 2012, na revista "Mais" do Diário de Notícias. Há um ano, esta rubrica iniciada em Setembro de 2007, regressou ao convívio com os leitores da revista Mais após um interregno de seis meses. Em formato mensal, no último domingo de cada mês, a segunda série de textos procura associar a diversidade agrícola madeirense com a nossa gastronomia e a hotelaria e restauração locais. Felizmente, existem hotéis e restaurantes que já constataram que a utilização dos hortofrutícolas da Região, são uma mais-valia para o sucesso junto dos seus clientes. A frescura e inegável qualidade dos produtos agrícolas de cá tornam os pratos mais genuínos e apetecíveis, quer para o residente, quer para o visitante. Além disso, é dinheiro que fica aqui, pois ao comprarem estas produções, contribuem para a preservação da nossa paisagem agrícola e para a fixação das populações no meio rural. Em Janeiro de 2011, começámos pelo concelho da Calheta e 12 meses depois estamos de volta àquele município do oeste, mais concretamente à freguesia dos Prazeres.  O Restaurante O Manjerico (telefone 291822897; http://www.restauranteomanjerico.blogspot.com), situado no Caminho da Referta (perto do Mercado Abastecedor), freguesia dos Prazeres, concelho da Calheta abriu em Outubro de 1999 por iniciativa do casal Andreia e João Ferraz. O nome do restaurante surgiu por acaso numa conversa familiar e essa familiaridade permaneceu nas especialidades que ali são apresentadas e no serviço prestado. As receitas caseiras fazem parte do receituário da mãe do proprietário, tendo algumas sido melhoradas posteriormente. As entradas saborosas como uns chicharrinhos fritos, cogumelos salteados com morcela, carne-de-vinho-e-alhos, o polvo da casa, umas iscas de fígado, tudo isto acompanhado com pão de rolão, aconchegam os estômagos mais impacientes para o repasto. Mas há que refrear esse apetite pois os pratos principais merecem esse pequeno sacrifício. A galinha desossada e recheada e a perna de borrego, com batata doce em redor das carnes, o bacalhau assado no forno, a feijoada e o cozido, são iguarias que convidam os comensais a desfrutá-las por um bom par de horas ou mais. Para os mais gulosos, a casa apresenta um tentador pudim de queijo, um delicioso pudim de abóbora amarela ou um refrescante pudim de maracujá. Os produtos agrícolas usados na cozinha do Manjerico, são de origem local, comprados no Mercado dos Agricultores dos Prazeres, que funciona aos domingos no Centro de Abastecimento Hortofrutícola daquela localidade, também conhecido por Mercado Abastecedor. As carnes sempre que possível são igualmente de origem regional. A terminar, convém dizer que este restaurante só abre através de reserva, pelo que é oportuno telefonar com uns dois a três dias de antecedência, para ser acolhido como se fosse a casa de um seu parente. Um ambiente familiar e tranquilo para si e os seus!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Janeiro 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Número de visitas | Desde 14 de Outubro de 2007

80.000 visitas alcançadas a 9.4.2015!